Nov 9

Consulta Popular 2016/17 definirá o destino de R$ 1,5 milhão para o Vale

Vale do Taquari

10:05 | Finger rede / Folha Popular

Após ser decidido o valor de R$ 50 milhões para a Consulta Popular 2016/17, foi definido que o Vale do Taquari terá direito à fatia de R$ 1,5 milhão do montante. A quantia de R$ 28 milhões foi dividida em partes iguais entre os 28 Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes) do RS. O restante foi distribuído conforme os indicadores do Índice de Desenvolvimento Socioeconômico (Idese) e o número populacional. As votações serão realizadas nos dias 5, 6 e 7 de julho, de forma online e offline, através de aplicativo. A presidente do Conselho de Desenvolvimento do Vale do Taquari (Codevat), Cíntia Agostini, relata que o valor é inferior ao de 2015, quando a população pôde definir o destino de R$ 60 milhões. “Tivemos uma luta muito grande com as lideranças do Estado para elevar a R$ 50 milhões”, explica em relação à primeira proposta do Governo, que era de R$ 40 milhões. Mudanças A principal mudança é de que as regiões votarão em projetos de caráter regional. Serão programas nas áreas da agricultura, ciência e tecnologia, cultura, esporte e lazer, turismo, minas e energia e programas para qualificação de professores. As áreas prioritárias da Saúde, Segurança e Educação foram retiradas da Consulta sob o argumento de que a votação não é destinada, por exemplo, à compra de viaturas para a polícia e ambulâncias para a saúde. Isso seria um dever do Estado. Cíntia diz que o argumento é correto. No entanto, este não seria o momento para a tomada desta decisão, devido à grave crise financeira que assombra o RS. As Assembleias Regionais e Municipais (microrregionais) devem ser realizadas até o dia 16 de junho. Serão votados projetos regionais, conforme proposições de cada uma das Secretarias Estaduais. A presidente do Codevat relata que as regiões não terão mais a autonomia de antes, não podendo votar projetos isolados ou efetuar somente divisão de recursos entre os municípios. Segundo ela, isso trará de volta o sentido inicial de criação da Consulta Popular. Fonte: AI Codevat